loaderW
upF
spBusca
restrictImg
ma
Notícias
novidades  
28
JUL
bb
categoria:     tags: Minuto A, Amanco, Medalha de Ouro, Pan-Americano

A ginasta Ana Paula Ribeiro, da seleção brasileira de ginástica rítmica, encheu de orgulho a família, sua cidade e o Brasil inteiro. O pai, José Milton, sócio da loja Ribeiro e Pádua, conta que a segunda medalha de ouro foi conquistada bem no dia de seu aniversário, 19 de julho: ¿Foi o melhor presente¿.

A conquista de duas medalhas de ouro e uma de prata pela equipe de ginástica rítmica do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, encheu os brasileiros de alegria. Mas os moradores de Guarapari, no litoral do Espírito Santo, estão especialmente orgulhosos da ginasta Ana Paula Ribeiro, a mais experiente da equipe, com 26 anos, que é moradora da cidade.

Ela é filha de Paula Ribeiro e José Milton, sócios da loja Ribeiro e Pádua, que faz parte da Rede Construir daquele estado e que trabalha exclusivamente com a marca Amanco no segmento hidráulico.

Vê-la no pódio, junto com sua equipe, recebendo todas as honras, deixou os pais mais que felizes. “Ela ganhou a primeira medalha de ouro no sábado e a segunda, também de ouro, no domingo, dia 19, exatamente no meu aniversário. E esse foi o melhor presente que eu poderia ganhar em toda a minha vida”, disse o pai, lembrando que a pressão sobre as atletas era enorme, pois o Brasil já era tetracampeão nesta modalidade esportiva.

“Estamos muito orgulhosas da Ana Paula, que se dedica aos treinamentos há 16 anos e fez parte da seleção brasileira durante 8 anos. Todos a conhecem, inclusive já foi enredo de escola de samba na cidade. Além disso, somos conhecidos também porque nossa loja de materiais de construção é muito tradicional. Foi fundada pelos meus pais há 40 anos”, descreve José Milton, que dirige o negócio junto com suas irmãs.

Ele conta que, desde que a filha ganhou as medalhas, os amigos, funcionários e clientes da loja não param de cumprimentar a família. Toda a equipe Amanco, especialmente a Regional RJ/ES, comandada pelo Gerente Edson Antunes, parabeniza a brilhante atuação da ginasta.

A ginasta Ana Paula Ribeiro (primeira à esquerda) se apresenta com a equipe do Brasil para conquistar o ouro na ginástica rítmica.

Foto: Ricardo Bufolin/CBG

 



novidades  
21
MAI
bb
categoria:     tags: Minuto A, Mexichem Brasil, Crescimento

Para isso, a subsidiária da Mexichem, líder mundial em tubos e conexões plásticos, está investindo ao longo de três anos R$ 164 milhões em suas fábricas no Estado de São Paulo. Com isso, proporcionará um aumento de cinco vezes na produção de caixas d¿água na planta de Sumaré, onde está instalado o novo maquinário e acaba de lançar reservatórios com tecnologia inédita de fabricação por sopro.

A Mexichem Brasil, dona da marca comercial Amanco e também da Plastubos e da Bidim, estima crescer 8% em 2015, uma expansão maior do que a média do mercado da construção civil, a exemplo dos anos anteriores.

Para atingir esta meta, a companhia irá investir R$ 164 milhões, ao longo de três anos, em suas duas fábricas no interior paulista. O objetivo é aumentar a capacidade de produção e ainda inovar em produtos e processos nos segmentos predial, de infraestrutura e de irrigação.

 

 

Inovação e produtividade

O grande lançamento para 2015 é a nova caixa d’água da marca Amanco fabricada com tecnologia de processo de sopro, inédita na América Latina, que garante maior resistência ao produto, devido à distribuição uniforme das camadas.

Com investimentos de R$ 20 milhões, a empresa proporcionará um aumento de cinco vezes na produção de caixas d’água na planta de Sumaré, onde está instalado o novo maquinário.

A nova linha de caixas d’água, que comporá o portfólio da linha Amanco Reservatórios, atenderá todo o mercado predial, incluindo residências e estabelecimentos comerciais. A caixa d’água possui tripla camada, que ajuda a impedir a entrada de raios solares, minimizando o risco de proliferação de bactérias. O interior na cor branca facilita a visibilidade na limpeza. Já o fechamento por trava proporciona segurança e qualidade no armazenamento.

A produção teve início em abril e a novidade da Amanco deve chegar neste mês de maio ao varejo do Sudeste, região mais populosa do país, onde a crise hídrica e a expansão imobiliária criaram uma enorme demanda por caixas d’água.

Mexichem Brasil em números

Com 9 fábricas e mais de 3 mil funcionários no país, o faturamento bruto da empresa em 2014 foi de R$ 1,74 bilhão, um crescimento de 12% em relação a 2013 (R$ 1,57 bilhão), acima do previsto para o ano, que era de 10%, e mais do que o dobro do previsto pela Abramat e FGV para a indústria de materiais de construção.

“Ainda que o cenário macroeconômico não seja favorável, nós mantivemos investimentos sustentados pela estratégia de negócios da empresa, que está fundamentada nos pilares de sustentabilidade, marca, inovação, pessoas, serviços e eficiência operacional”, explica Maurício Harger, presidente da Mexichem Brasil.

 

 


novidades  
27
ABR
bb
categoria:     tags: Minuto A, Combate Dengue, Construcao Civil, Caixa d'Agua, Amanco

Com a falta de água e os constantes rodízios no abastecimento cresce a demanda pela instalação de novos reservatórios nos imóveis, assim como a implantação de sistemas de captação de água da chuva.

A crise hídrica e o consequente racionamento no abastecimento de água para a população na região Sudeste provocaram uma corrida às lojas de materiais de construção para a compra de novos reservatórios. Por conta disso, a instalação de caixa d’água tem sido um dos serviços mais solicitados atualmente.

Para se der uma ideia, em Campinas (SP), a venda do produto dobrou desde outubro passado, quando a cidade chegou a ficar 11 dias sem água, sob o sistema de rodízio.

Na Grande São Paulo, o anúncio de um possível rodízio de 5 dias sem água e dois com fez os estoques das lojas se esgotarem em poucos dias. Além disso, o governo do Estado iniciou uma operação para distribuir 25 mil reservatórios às famílias de baixa renda.

Atenção à estrutura

Diante de tamanha demanda pelo serviço de instalação, o instrutor do Senai Edivaldo Ferreira da Silva, pede especial atenção a um aspecto: avaliar corretamente a capacidade da laje ou do telhado para receber o peso extra do novo reservatório e do seu volume de água. Pode ser necessário reforçar a estrutura e esse cálculo é feito pelo engenheiro civil ou um técnico em edificações.

Já para dimensionar a capacidade do novo reservatório, é preciso considerar o tamanho da caixa pré-existente, o número de dias que a casa poderá ficar sem receber água da distribuidora e o número de pessoas.

Em condições normais de abastecimento, uma pessoa consome 150 litros de água por dia. Some-se a isso 150 litros por dormitório, como reserva para um dia e uma noite sem água. “O valor aproximado do serviço de instalação é de R$ 150,00 para caixas d'água de 310, 500 e 1000 litros, em local de fácil acesso”, informa Edivaldo.

Água da chuva

A procura por sistemas de captação e armazenamento de água da chuva também cresceu, como forma de garantir o abastecimento da piscina, a descarga, a rega do jardim e a limpeza do quintal. Há casos em que a conta de água ficou 40% menor.

O que significa uma economia para o consumidor, também representa uma nova oportunidade de trabalho para os instaladores hidráulicos. “Um bom projeto de captação de águas pluviais deve prever o local para instalar a cisterna e o tipo de cisterna. Os materiais e ferramentas são simples: filtros, adaptadores com flange, tubos e conexões, lixa 100, adesivo plástico, solução preparadora, arco com serra, esquadro, lima de aço bastarda e chave de grifo”, explica o instrutor do Senai.

O sistema de recolhimento de água por meio de calhas nos telhados é o mais usado. “Seja qual for o modelo adotado pelo instalador, o essencial é sempre filtrar a água com tela de nylon, adicionar hipoclorito de sódio para desinfetá-la e, principalmente, mantê-la bem armazenada”, orienta Edivaldo Ferreira da Silva. Ele lembra que manter os reservatórios de água fechados é dever de todos, principalmente para evitar a proliferação da dengue e a entrada de animais nocivos à nossa saúde.

 

 

 

 

 


novidades  
23
ABR
bb
categoria:     tags: Minuto A, Combate Dengue, Construcao Civil, Senai, Amanco

Cada vez que chove, canteiros de obras são vistoriados pelos profissionais da construção para eliminar a água acumulada e evitar focos do mosquito transmissor da doença.

Em 2015, os casos de dengue dispararam em todo o Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, entre 1º de janeiro e 7 de março, 224 mil pessoas contraíram a doença, ou seja, mais que o dobro do que foi registrado no mesmo período do ano passado.

Atualmente, há 340 cidades com risco de surto de dengue, que é transmitida por meio da picada do Aedes aegypti. Diante desse cenário, o combate aos criadouros do mosquito mobilizou a população em geral, agentes de saúde, entidades de classe e ainda ganhou o reforço dos profissionais da construção.

Em Sorocaba (SP), uma equipe do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon), em parceria com o Senai, tem visitado os canteiros do obras para orientar pedreiros, instaladores hidráulicos, serventes, entre outros, sobre o assunto. Em Goiânia (GO), o combate ao mosquito transmissor da dengue já virou rotina em alguns canteiros, onde também há cartazes educativos e palestras.

O procedimento consiste em vistoriar toda a obra para eliminar a água parada e recolher garrafas, latas, copos plásticos e embalagens descartadas de materiais utilizados. Todo cuidado é pouco, afinal, basta uma tampinha de garrafa com água para o Aedes aegypti depositar ali suas larvas e transformá-la em um criadouro. A vistoria é feita toda vez que chove.

Além disso, os equipamentos de trabalho como carrinhos de mão e pás devem ficar virados para baixo quando estiverem fora de uso para não acumular água da chuva. Dessa forma, os profissionais da construção ficam protegidos, bem como a comunidade do entorno.



novidades  
26
MAR
bb
categoria:     tags: Minuto A, DesafioDaInovacao, DiaDaAgua, Senai, Amanco

 Neste dia 22 de março, Dia Mundial da Água, a Amanco, marca comercial da Mexichem Brasil, anunciou os ganhadores do Desafio da Inovação,concurso que propôs aos alunos matriculados nos diversos cursos das mais de 270 unidades do Senai, em todo o Brasil, desenvolver soluções para sesaber o volume de água consumido durante o banho.

Diante do cenário de grave escassez de recursos hídricos que o paísenfrenta atualmente, a Amanco buscou, por meio dessa iniciativa, estimular mentes criativas a desenvolver projetos,incentivando a conscientização e o consumo econômico.

O Desafio da Inovação, realizado em parceria com o Senai, foi lançado oficialmente no ano passado, em outra data significativa – 19 de outubro, o Dia Nacional da Inovação, instituído em homenagem a Santos Dumont, que neste mesmo dia, em 1901, realizou o primeiro voo dirigido da história, em torno da Torre Eiffel, em Paris.


Desafio da Inovação

Dos 40 trabalhos apresentados para a Mexichem Brasil, detentora da marca comercial Amanco, nove foram selecionados para a final, e o primeiro lugar ficou para o estudante Erick Gonçalves Castro, do Mato Grosso do Sul. Ele elaborou uma caixa de controle de água para o banho que mantém o chuveiro ligado por no máximo cinco minutos.

Luis Antônio Trinca, de São Paulo, obteve o segundo lugar com um chuveiro elétrico mais eficiente, que diminui o volume de água durante o aquecimento. Rosilene Lopes da Silva Peixoto, também do Mato Grosso do Sul, conquistou o terceiro lugar com um sistema completo de captação de água da chuva.



novidades  
02
MAR
bb
categoria:     tags: credconstrucao mexichembrasil amanco materialconstrcao

O valor financiado pelo cartão de crédito da Amanco, marca comercial da Mexichem Brasil, cresceu 44% em relação a 2013 no estado.

O CredConstrução, cartão de crédito da Amanco, marca comercial da Mexichem Brasil, financiou a venda de R$ 8,2 milhões em produtos para construção e reforma diretamente aos consumidores, por meio das lojas credenciadas na Bahia, em 2014. Esse resultado representa um crescimento de 44% em comparação a 2013, quando foram registrados R$ 5,7 milhões em financiamentos.

O volume financiado no estado, desde que o cartão foi criado, em outubro de 2008, é de R$ 36,7 milhões. Na Bahia, cerca de 45 mil consumidores possuem o CredConstrução, que pode ser usado para compras em 237 revendas filiadas.

Em todo o Brasil, cerca de 4 mil lojas do setor de materiais de construção financiam suas vendas por meio do cartão de crédito da Amanco. Juntas, elas somam 609 mil cartões emitidos e R$ 608 milhões em vendas financiadas com o CredConstrução, desde 2008.

 



novidades  
06
NOV
bb
categoria:     tags: amanco, mexichem, tecnologia, tubos e conexões, amanco flextemp, flextemp, instalação hisdráulica,

 

Para manter a indústria da construção competitiva é necessário aumentar a produtividade nos canteiros de obras em, pelo menos, 4% ao ano. O alerta é do coordenador do Comitê de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, Jorge Batlouni Neto. “Talvez tenhamos que acelerar ainda mais”, diz. O motivo, segundo ele, é que países à frente do Brasil já estão alcançando crescimentos nesse patamar.

“A produção do setor de construção civil dobrou, mas a produtividade, não”, comparou o coordenador, durante o seminário “Como Aumentar a Produtividade nos Canteiros de Obras”, realizado em outubro, pela Editora Pini, com o apoio Sinduscon-SP.

 

 

Tecnologia

 

Alinhada com as metas de produtividade do mercado da construção civil, a Amanco, marca comercial da Mexichem Brasil, lançou a linha Amanco Flextemp, para água quente e fria, com tubos maleáveis e engate rápido, tipo "click", que dispensa ferramentas.


O sistema foi usado pela primeira vez no Brasil pela Camargo Corrêa

 

Desenvolvimento Imobiliário no empreendimento Feel Jardim Sul, com duas torres e 198 apartamentos, na capital paulista. “A obra ainda não foi finalizada, porém, acreditamos que há um ganho de 50%, em média, da produtividade e, isso, com a redução de equipe”, calcula o engenheiro da empresa, Eurico Dimas Hibbeln.
Outra vantagem é a eficiência do sistema, que reduz o risco de falhas na execução e, consequentemente, a necessidade de retrabalho. “A inovação está no DNA da marca Amanco. O mercado nos reconhece dessa forma”, afirma Fabiana Castro, gerente de Inovação e Produtos da Mexichem Brasil.

Para saber mais sobre o Amanco Flextemp,acesse: http://www.amanco.com.br/produtos/predial/agua-quente/amanco-flextemp/

 

 

 

 

 

 



novidades  
28
OUT
bb
categoria:     tags: amanco, mexichem, construção civil, sobrepeso

 

Mais da metade dos trabalhadores que atuam da construção civil está acima do peso. A constatação veio através uma pesquisa feita pelo Seconci-SP (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo), entidade de responsabilidade social da construção paulista. 


O estudo, que envolveu 263 profissionais de um canteiro de obras localizado na cidade de Ribeirão Preto (SP), mostra que 37,6% deles estão com sobrepeso e 20,2% são obesos. Quanto maior a idade, maior a proporção de pessoas com sobrepeso.

Uma parcela de 23,9% dos trabalhadores entre 18 e 29 anos apresentam

 

sobrepeso. Este índice sobe para 47,1% entre as pessoas com idades entre 50 e 59 anos. Já para o grupo considerado obeso, a maior proporção, 30%, ficou entre os profissionais entre 30 e 39 anos.

Com base nesses resultados, a entidade vem alertando as construtoras para a necessidade de servir uma alimentação mais saudável aos seus colaboradores. “Quando contratarem empresas que forneçam refeições nas obras, é fundamental que as construtoras verifiquem se a contratada possui um cardápio elaborado por nutricionista, para garantir que as refeições servidas sejam balanceadas”, ressalta a nutricionista clínica do Seconci-SP, Paula Simões Garcia.

Alimentação sem colesterol

O colesterol desempenha funções importantes no organismo. Porém, quando atinge altos níveis no sangue, torna-se perigoso e contribui para o avanço de doenças cardiovasculares. Para ajudar a evitar o acúmulo de gordura nas pa

 

redes das artérias, Paula Simões dá algumas dicas de alimentação que ajudam a controlar o colesterol:

- Consuma diariamente frutas, verduras e legumes nas refeições.

- Inclua cereais integrais, grãos e sementes na alimentação.

- Dê preferência às carnes magras, frango sem pele, peixe e ovos cozidos.

- Evite frituras e controle a quantidade de óleo no preparo dos alimentos.

- Evite os embutidos (mortadela, salsicha e linguiça), leite de coco e óleo de dendê.

- Dê preferência ao leite e iogurtes desnatados, queijo branco, ricota ou cottage.

 


- Evite produtos industrializados como biscoito recheado, sorvete de massa e doces concentrados.

- Mantenha seu peso dentro dos limites da normalidade.

- Pratique atividade física regularmente.
 

 

Foto: divulgação
Paula Simões Garcia, nutricionista do Seconci, orienta um profissional sobre a alimentação correta
 

 

 

 



novidades  
28
OUT
bb
categoria:     tags: amanco, mexichem, dia do trabalhador, construção civil

 A partir de 2014, os profissionais da construção civil de São Paulo passam a ter um dia só deles: 25 de outubro. A criação da data comemorativa proposta pelo deputado estadual Antonio de Sousa Ramalho, que também preside o sindicato da categoria (Sintracon), foi aprovada pelo governador Geraldo Alckmin e já está em vigor por meio da Lei 15.557.

Neste mesmo dia, se comemora a beatificação, pelo Pappa João Paulo II, de Frei Galvão, considerado o primeiro santo do Brasil e padroeiro dos trabalhadores da construção civil. Ele foi arquiteto, mestre de obras e pedreiro, sendo que, durante 28 anos, conduziu as obras do Mosteiro da Luz, no bairro da Luz, em São Paulo. Ele foi canonizado em 2007 pelo Papa Bento XVI.


Valorização

“Queremos parabenizar todos os profissionais da construção. Agora, eles têm mais um motivo para ficar orgulhosos. Esperamos que esta data comemorativa contribua para que eles tenham mais visibilidade e reconhecimento”, comenta Patricia Barreros, gerente de Marketing e Comunicação da Mexichem Brasil, detentora das marcas Amanco, Plastubos e Bidim.


O professor de instalações hidráulicas do Senai, Edivaldo Ferreira da Silva, também aprovou a ideia. “Acho importantíssimo que, neste dia, sejam lembrados aqueles que, literalmente, constroem o País. Acredito que isso vai trazer a merecida valorização à categoria.”

Desafios

Aproveitando a comemoração deste 1º Dia do Dia do Trabalhador da Construção, o professor propõe uma reflexão sobre os maiores desafios desses profissionais, atualmente. “O principal é estar antenado com as inovações do mercado. É fato que, aqueles que não fazem cursos para se atualizar, ficam defasados. Como consequência disso, eles têm mais dificuldade para conseguir trabalho”, diz Edivaldo.

Para se destacar profissionalmente, o conselho é um só: qualificação. “Procurem os cursos das escolas técnicas profissionalizantes, como é o caso do Senai. Outras dicas: aproveitem os cursos gratuitos oferecidos pelos home centers e visitem as feiras e eventos do setor para conhecer as novidades. A Amanco, por exemplo, tem muitos produtos inovadores e é importante saber como eles são aplicados”, orienta o professor do Senai.

Ele lembra também que uma das áreas mais promissoras para trabalhar atualmente é justamente a de hidráulica. “Existe uma grande demanda para instalações de água quente e de aquecedores solares, porque esses últimos se tornaram obrigatórios para imóveis com quatro banheiros ou mais na capital paulista.”

Conscientização e prevenção

 


A lei que estabelece do Dia do Trabalhador da Construção Civil também visa conscientizar os profissionais sobre a importância de usar os equipamentos de segurança. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo, houve um aumento de 400% no número de acidentes nos canteiros entre 2012 e 2013. Os acidentes fatais saltaram de sete, em 2012, para 24, em 2013. 
 

 

 

 



novidades  
17
OUT
bb
categoria:     tags: amanco, mexichem, dia da inovação, inovação, tecnologia

No Dia Nacional da Inovação, 19 de outubro, a Amanco, marca comercial da Mexichem Brasil, mais uma vez reforça o compromisso de convidar os brasileiros a saírem da rotina e promoverem atitudes inovadoras. A data é uma homenagem a Santos Dumont que, neste mesmo dia, em 1901, realizou o primeiro voo dirigido da história, em torno da Torre Eiffel, em Paris.

A iniciativa não é novidade para a Amanco, que busca sempre observar as necessidades dos seus clientes e oferecer soluções inteligentes em seus produtos, por meio da mais alta tecnologia do mercado da construção civil.

Seja em segurança, conforto ou economia de água, a Amanco está sempre estimulando o brasileiros a repensarem seus hábitos e descobrirem, no dia-a-dia, como a inovação pode deixar tudo mais fácil e prático.

"A Amanco tem a inovação em seu DNA e em seu slogan. Desde o lançamento da marca, em 2006, até hoje, é reconhecida por esta característica, seja no lançamento de produtos e em outras ações de comunicação. E, agora, neste Dia da Inovação queremos relembrar com vocês alguns marcos desta inovação”, destaca Patricia Barreros, gerente de Marketing da Mexichem Brasil.

 

Sempre à frente

Uma das grandes novidades da marca para o mercado brasileiro da construção civil é a linha Amanco Flextemp para água quente e fria, que dispensa ferramentas ou colas na instalação. Produzido em polibutileno, o sistema possui tubos maleáveis e engate rápido, tipo "click".

Bem conhecido pelos instaladores hidráulicos, o Amanco PPR, também para água quente e fria, é um dos principais produtos da marca. Os tubos e conexões são unidos por um processo de termofusão, constituindo uma tubulação contínua, sem risco de vazamentos.

Já Amanco Silentium tem como principal diferencial a capacidade de reduzir os ruídos das tubulações de esgoto, proporcionando mais conforto acústico aos usuários das edificações. Isso graças aos tubos e conexões fabricados em PVC mineralizado, mais espessos do que a parede de tubos de esgoto série normal.

Outro produto inédito no mercado é o Amanco Biax, que ficou entre vencedores do Prêmio AESABESP (Associação dos Engenheiros da Sabesp) na categoria “Inovação Tecnológica”. Destinado ao mercado de infraestrutura e saneamento, seus tubos têm a mesma resistência dos de ferro fundido, porém são leves, já que são fabricados em PVC-O (biorientado).

 

Tecnologia

"Boa parte desses produtos é fruto da sinergia com a Wavin, líder europeia em tubos e conexões adquirida pelo Grupo Mexichem, agregando ainda mais tecnologia aos nossos produtos, já reconhecidos pela inovação e ecoeficiência", afirma Fabiana Castro, gerente de Produtos e Inovação da Mexichem Brasil.

Ela salienta que todos os produtos da marca Amanco estão de acordo com as normas técnicas e seguem rigorosos processos de fabricação, com o objetivo de oferecer sempre a melhor opção nos segmentos hidráulico e elétrico.

 

 

 

 

 

 




cl17
mostrando 1 a 10 de 125
proxima
 
Categorias



2015
2014
2013
2012
2011
 
s DESTAQUES

sp sp sp sp sp

. . .
youtube   twitter