loaderW
upF
spBusca
restrictImg
ma
Boletins
solucoes-tecnicas  
30
JUL
bb
categoria:

Conecte-se com as novidades e inovações da Amanco, conheça nosso boletins.

 

 



solucoes-tecnicas  
30
JUL
bb
categoria:     tags: amanco, ultratemp, fire, resitencia, calor,

A Amanco, marca comercial da Mexichem (www.mexichem.com.br), grupo líder mundial em tubos e conexões, complementa seu mix de produtos para o setor hidráulico com a linha Amanco UltratempFire, solução para alimentação de água em sistemas de proteção e combate a incêndios por chuveiros automáticos (sprinklers).

A linha é composta de tubos e conexões em CPVC nas dimensões ¾”, 1” 1 ¼”, 1 ½”, 2”, 2 ½” e 3” e é indicada para redes de tubulações permanentes em locais como hospitais, livrarias, museus, casas de repouso, escritórios, hotéis, residências, igrejas, clubes, escolas, teatros, auditórios, sótãos, entre outros, onde há risco leve de incêndio. Sua instalação é fácil e rápida, uma vez que a junta é feita com adesivo plástico, dispensando ferramentas e mão de obra especializada.

Resistência ao calor

Os produtos possuem o composto Blazemaster, referência no setor, que garante a necessária resistência das peças ao calor, permitindo que mesmo em meio a um incêndio, o tubo se mantenha íntegro para conduzir água aos chuveiros automáticos que combatem o fogo. Os itens são leves, o que facilita seu manuseio e armazenagem.

“A linha Amanco UltratempFire é mais uma inovação da marca, que confere praticidade aos projetos de combate a incêndio, com baixo custo e instalação facilitada em relação aos sistemas tradicionais”, completa Fabiana Castro, gerente de Produtos e Inovação da Mexichem Brasil.

Os produtos atendem à norma brasileira NBR 10897 - Proteção contra incêndio por chuveiro automático e possui certificação ANSI/UL 1821 – Thermoplastic Sprinkler PipeandFittings for FireProtection Service. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.amanco.com.br.
 



solucoes-tecnicas  
30
JUL
bb
categoria:     tags: feiras, cronograma de feiras, inovação, eventos, construção civil

 

Greenbuilding Brasil 2014
5 a 7 de agosto (8h30 às 18h30)
Transamerica Expo Center, São Paulo, SP
www.expogbcbrasil.org.br


Construir Minas 2014

6 a 7 de agosto (13h às 22h)
Expominas, Belo Horizonte, MG
www.construirminas.com.br


Construsul – 17ª Feira Internacional da Construção

De 6 a 9 de agosto (14h às 21h)
FENAC, Novo Hamburgo, RS
www.feiraconstrusul.com.br


Concrete Show South America
27 de agosto (13h às 20h); 28 e 29 de agosto (10h às 20h)
Centro de Exposições Imigrantes, São Paulo, SP
www.concreteshow.com.br

Feitintas - 9ª Feira da Indústria de Tintas e Vernizes e Produtos Correlatos
10 a 13 de setembro (de quarta-feira à sexta, das 14h às 20h; sábado, das 11h às 19h)
Centro de Exposições Imigrantes
www.feitintas.com.br


Construir Rio 2014

1 a 4 de outubro (13h às 21h)
Riocentro, Rio de Janeiro, RJ
www.construirrio.com.br


Feicon Batimat Nordeste 2014

22 a 24 de outubro (16h às 22h)
Centro de Convenções de Pernambuco, Recife, PE
http://www.feiconne.com.br
 



solucoes-tecnicas  
30
JUL
bb
categoria:     tags: construção civil, amanco, salários,


Os profissionais da construção civil tiveram os salários mais valorizados entre todas as categorias profissionais no Brasil, nos últimos quatro anos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento aponta que a renda dos trabalhadores do setor superou a dos profissionais do comércio e de outros serviços, como transporte e limpeza urbana.

Para se ter uma ideia, entre abril de 2010 e abril de 2014, a renda média do trabalhador desse setor passou de R$ 1.140 para R$ 1.864. Um mestre de obras com experiência e conhecimento, por exemplo, chega a ganhar até 15 salários mínimos, ou quase R$ 11 mil.

Os grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo, realizada entre junho e julho deste ano, e as Olimpíadas, previstas para 2016 no Rio de Janeiro, além da economia aquecida dos últimos anos, resultaram em uma grande demanda por mão de obra no setor da construção civil. O resultado é que há mais trabalho do que gente para trabalhar.

Engenheiros em alta

A valorização dos profissionais que trabalham na construção civil ocorreu em todos os níveis hierárquicos. Para se ter uma ideia, no Estado de São Paulo, os salários dos engenheiros acumularam uma alta de 4,93% no primeiro semestre de 2014, puxando para cima os índices mensais do Custo Unitário Básico da construção civil.

Calculado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos do setor para ser aplicado nos reajustes dos contratos de obras.

 



 
Categorias


 
s DESTAQUES

sp sp sp sp sp

. . .
youtube   twitter